Domingo, 30 de Março de 2008

******** O CARTEIRO *********

O carteiro vai, de rua em rua,

E leva as cartas de porta em porta.

É do destino a culpa, e não sua,

Se são más, as novas que transporta.

 

Se há Noivas, em contida aflição,

São sentinelas que a rua tem,

Que em constante alerta de ilusão

Penam pelas cartas que não vêm.

 

De algumas, se torna confidente

Seu mais que discreto “confessor”

Que as sabe escutar emudecido.

 

Porém, Seu triste coração mente

Sempre que esconde o secreto amor

Que por elas nutre entristecido.

 

                                            João Chamiço

 

            Tal como diz a canção, o carteiro não tem culpa,

            É a sua condição!

música: Cartas de Amor
publicado por João Chamiço às 22:13
link do post | comentar | ver comentários (8) | favorito

.mais sobre mim

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. ******** O CARTEIRO ...

.arquivos

. Novembro 2014

. Agosto 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds