Sexta-feira, 10 de Março de 2006

A AMIZADE

A AMIZADE

Deu-me a vida a incumbência

De sempre dar à amizade

Forma, vulto e conteúdo,

Porque nela a transparência

E o valor da lealdade

São na vida, mais que tudo.

 

É sem regras definidas

E o logro em pano de fundo

Que os embusteiros se entendem,

E as amizades fingidas

É que governam o mundo

Onde os pudores se vendem.

 

Se a amizade fosse um vulto

Bem posto em evidência

E linhas bem definidas,

Desvendaria o insulto

À própria inteligência

Das amizades fingidas.

 

Se a amizade fosse somente

Chamar de amigos sem terem

Por eles bons sentimentos,

Não faltava p’ra aí gente

Sem os “amigos” saberem

Contando amigos aos centos.

 

2005-04-03

João Chamiço

publicado por João Chamiço às 22:00
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 13 de Março de 2006 às 01:35
Adorei esta poesia sobre a "amizade".beijoMaria João
(http://omeuolhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:arcoiris.2005@hotmail.com)

Comentar post

.mais sobre mim

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O HOMEM VELHO

. À JANELA

. QUEM DERA, QUEM DERA

. ESPELHOS TEUS

. PIROPO

. BRISA

. FLORES DE AÇORES

. ZECA AFONSO - SANTIAGO DE...

. JOGOS FLORAIS DE AVIZ 200...

. JOGOS FLORAIS DE ALMEIRM

.arquivos

. Novembro 2014

. Agosto 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds