Sexta-feira, 17 de Fevereiro de 2006

ESPERANÇA

Se escutares os pintassilgos a cantar


Respondendo ao desafio das filomelas,


Repara no sol, sobre o monte a cavalgar


Enquanto surgem na paisagem aguarelas


Salpicadas de rosmaninho e macelas.


 


Se dejectarem nos teus ombros os pardais,


Volta atrás e lê a minha primeira rima


E concentra-te no reverso que a sublima


Se te sugarem os vampiros liberais


Ou dejectarem nos teus ombros os pardais.


 


Se alguém te cravar na alma o seu arpéu,


Lembra-te dos lírios, e de todas as flores,


E do extenso abraço, feito de mil cores


Que o arco-íris borda no azul do céu,


Se nas grilhetas de algum “ismo” fores réu.


 


Se dejectarem nos teus ombros os pardais,


Se te sugarem os vampiros liberais,


Volta a escutar os pintassilgos a cantar


 


Respondendo ao desafio das filomelas,


Repara no sol, sobre o monte a cavalgar


Enquanto surgem na paisagem aguarelas.


 


João Chamiço

publicado por João Chamiço às 23:57
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O HOMEM VELHO

. À JANELA

. QUEM DERA, QUEM DERA

. ESPELHOS TEUS

. PIROPO

. BRISA

. FLORES DE AÇORES

. ZECA AFONSO - SANTIAGO DE...

. JOGOS FLORAIS DE AVIZ 200...

. JOGOS FLORAIS DE ALMEIRM

.arquivos

. Novembro 2014

. Agosto 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds