Domingo, 19 de Fevereiro de 2006

DO CASTEO ONDE SOU REI

Sou senhor de todas as torres


Do castelo onde sou rei


Só não sou dono das flores


Que fora dele plantei.


 


Tenho capelas douradas


E mesquitas p’ra rezar


Mas nem mouras encantadas


Minhas preces vêm escutar.


 


Por coincidência maldita


Sou dono de tanta riqueza


Mas não da flor mais bonita


Que há na minha fortaleza.


 


De nada me serve ter trono


Nem de um castelo ser rei


Se não puder ser o dono


De um coração que eu cá sei.


 


F. Januário

publicado por João Chamiço às 02:03
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De Anónimo a 20 de Fevereiro de 2006 às 16:10
Deixar de ser uma pessoa para passar a ser duas, mesmo que separados pelo tempo e pelo espaço.É sentir dois corações baterem ao mesmo ritmo mesmo que o outro não saiba que tocamos a mesma melodia.É ser feliz apenas por saber que esse alguem está em nossa vida.Beijo ternoMaria João
(http://omeuolhar.blogs.sapo.pt)
(mailto:arcoiris.2005@hotmail.com)

Comentar post

.mais sobre mim

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O HOMEM VELHO

. À JANELA

. QUEM DERA, QUEM DERA

. ESPELHOS TEUS

. PIROPO

. BRISA

. FLORES DE AÇORES

. ZECA AFONSO - SANTIAGO DE...

. JOGOS FLORAIS DE AVIZ 200...

. JOGOS FLORAIS DE ALMEIRM

.arquivos

. Novembro 2014

. Agosto 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds