Sexta-feira, 18 de Junho de 2010

PIROPO

Se eu piropos te dissesse

Em palavras sublimadas

De frases divinizadas

Como poemas subtis,

Talvez teu rosto quisesse

Responder aos imbecis

Babados e convencidos

Que vomitam palavrões

Com piropos de chavões

Quais totós embevecidos.

 

Se eu piropos te dissesse,

Não desses de frases feitas

Mas em rimas tão perfeitas

Que te fizessem sonhar,

Talvez teu sorrir fizesse

Em meus olhos cintilar

Quanta luz inebriante

Do teu olhar deslumbrante

Que mesmo quando anoitece

Ao longe se vê brilhar.

 2010-06-18

João Chamiço

publicado por João Chamiço às 18:18
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O HOMEM VELHO

. À JANELA

. QUEM DERA, QUEM DERA

. ESPELHOS TEUS

. PIROPO

. BRISA

. FLORES DE AÇORES

. ZECA AFONSO - SANTIAGO DE...

. JOGOS FLORAIS DE AVIZ 200...

. JOGOS FLORAIS DE ALMEIRM

.arquivos

. Novembro 2014

. Agosto 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds