Sábado, 8 de Abril de 2006

SE EU SOUBESSE QUE GRITANDO

Se eu soubesse que gritando

Pelo teu nome me ouvias

Quando as noites são serenas,

Também te gritava quando

Em minhas noites vazias

Grito nos silêncios penas.


 


Se eu soubesse que gritando

O eco me respondia

Em teu lugar a fingir,

Eu ouvia disfarçando

Fingindo mesmo que ouvia

Dos teus lábios o sorrir.




Se eu soubesse que gritando

O céu te dava recados

Que eu já não posso conter,

Renunciava implorando

Ao perdão dos meus pecados

Só p’ra te ouvir responder.




Se o tamanho do meu brado

Chegasse à tua janela

Por esses ares voando,

Era um verso de um fado

Que te cantava à capela;

Se eu soubesse, que gritando.


F.Januário


2006-04-08

sinto-me: (de quem? Enigma)
música: Barbero de Sevilha (de Rossini)
publicado por João Chamiço às 19:17
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito

.mais sobre mim

.Novembro 2014

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. O HOMEM VELHO

. À JANELA

. QUEM DERA, QUEM DERA

. ESPELHOS TEUS

. PIROPO

. BRISA

. FLORES DE AÇORES

. ZECA AFONSO - SANTIAGO DE...

. JOGOS FLORAIS DE AVIZ 200...

. JOGOS FLORAIS DE ALMEIRM

.arquivos

. Novembro 2014

. Agosto 2011

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Outubro 2009

. Maio 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Dezembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Agosto 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

.links

.pesquisar

 
blogs SAPO

.subscrever feeds